Xiaomi processou 50 milhões

A empresa Xiaomi, a gigante chinesa foi processada pelo montante de 50 milhões de yuan, isto é cerca de 7,5 milhões de dólares. O motivo é a violação das patentes 3GPP por Yuan Gongyi. O processo foi aberto contra a Xiaomi Technology Co. Ltd. e Xiaomi Communication technology Co. Ltd.

Xiaomi processou 50 milhões de yuan

Xiaomi processou 50 milhões

A patente chamada "Common Packet Channel" foi usada nos modelos mais recentes de smartphone com o logotipo Mi. Os smartphones Mi 5X, Mi Max 2 e Mi Note 3 usaram a tecnologia sem a permissão de Gongyi. A alegação diz respeito ao uso de comunicação sem fio CDMA, TD-SCDMA, HSPA e LTE.

Esta não é a primeira vez que a Xiaomi vai a tribunal por violar a propriedade intelectual de outra empresa. No início do ano, Coolpad permite Xiaomi e pediu para eliminar o Xiaomi Mi Mix 2. Mais cedo nos castiçais foi Redmi Note 2 que também teve "problemas" com patentes.

A Xiaomi fez sua estréia recentemente na bolsa de valores e tais problemas legais podem colocar a empresa sob uma luz ruim diante de seus acionistas. Por outro lado, a Xiaomi não se queixa de problemas financeiros.

"O chefe e fundador da Xiaomi chinesa provavelmente obteve o maior prêmio financeiro da história. Sua empresa concedeu a ele 1,5 um bilhão de dólares ".next.gazeta.pl

A única coisa que posso acrescentar é que Xiaomi gosta de copiar dos outros, bem que do lado melhor.

autor: Michał

Geek. Fã da Apple e Xiaomi. No meu tempo livre eu corro um blog PokolenieSmart.pl